Bem-aventurada

Juliana de Paula - Faça-se

Compositor(es): Alexandre Santos

Bastou a tua saudação, ao chegar, e tua voz encheu a casa da presença de Deus.

Uma alegria tomou conta de mim.

E tudo, enfim, ficou tão claro.

Até a criança no ventre estremeceu.

Bendita és tu porque creste. Bendito é o fruto do teu ventre,

O meu Senhor e Deus.

De onde vem tamanha honra de te ter aqui?

Sei, não sou digna. Sou tua filha simplesmente porque Deus quis assim.

Sou da geração dos que agradecem teu sim.

Sou da geração que te proclama bem-aventurada.

Bastouatuasaudação,aochegar,etuavozencheuacasadapresençadeDeus.
Umaalegriatomoucontademim.
Etudo,enfim,ficoutãoclaro.
Atéacriançanoventreestremeceu.
Benditaéstuporquecreste.Benditoéofrutodoteuventre,
OmeuSenhoreDeus.
Deondevemtamanhahonradeteteraqui?
Sei,nãosoudigna.SoutuafilhasimplesmenteporqueDeusquisassim.
Soudageraçãodosqueagradecemteusim.
Soudageraçãoqueteproclamabem-aventurada.
↑ topo