Profundo Silêncio

Monsenhor Jonas Abib - Rio de Água Viva - 1994

Ná, ná, ná, ná, ná, ná, náaaa, ná, ná, ná,ná
Ná, ná, ná, ná, ná, ná, náaaa,

Um profundo silêncio a noite envolvia
Do alto lançou-se no meio da terra

Vosso Onipotente falar
Fé e esperança e amor
Es tua serva Senhor
Faça-se em mim, segundo a tua bondade

Deu a luz o Filho Santo
Para sublime felicidade
como uma estrela que desaparece
Ela perdeu-se em seu doce silêncio

Ná, ná, ná, ná, ná, ná, náaaa, ná, ná, ná,ná
Ná, ná, ná, ná, ná, ná, náaaa...

No silencio o Pai te criou, por amor
Suas flores são frutos, de glória e louvor
Mãe onde o silêncio parou
E tudo se fez se formou

No silêncio geras-te o Senhor
Eternamente, és Mãe do puro amor

Deu a luz o Filho Santo
Para sublime felicidade
como uma estrela que desaparece
Ela perdeu-se em seu doce silêncio (2x)

Ná, ná, ná, ná, ná, ná, náaaa, ná, ná, ná,ná
Ná, ná, ná, ná, ná, ná, náaaa,

Um profundo silêncio a noite envolvia..

CNá,ná,ná,ná,ná,ná,Fnáaaa,ná,ná,ná,ná
Ná,ná,ná,ná,ná,ná,GFnáaaa,

CUmprofundosilêncioanoiteFenvolvia
DoGaltolançou-senomeiodaFterra

CVossoOnipotentefalar
eesperançaeFamor
GEstuaservaSenhor
FFaça-seemmim,segundoaCtuaC7bondade

FDeualuzoFilhoGSanto
FParasublimeGfelicidade
CcomoumaestrelaqueFdesaparece
GElaperdeu-seemFseudoceCsilêncio

CNá,ná,ná,ná,ná,ná,Fnáaaa,ná,ná,ná,ná
GNá,ná,ná,ná,ná,ná,FCnáaaa...

CNosilenciooPaiFtecriou,porGamor
SuasCfloressãofrutos,deglóriaeFlouvor
MãeGondeosilêncioparou
EtudosefezseFformou

CNosilênciogeras-teoSenhor
Eternamente,ésMãedoFpuroCC7amor

CDeualuzoFilhoSanto
FParasublimefelicidade
GcomoumaestrelaqueFdesaparece
CElaperdeu-seGemseudoceFsilêncioC(2x)

CNá,ná,ná,ná,ná,ná,Fnáaaa,ná,ná,ná,ná
GNá,ná,ná,ná,ná,Fná,Cnáaaa,

GUmprofundoFsilêncioanoiteCCenvolvia..
↑ topo