O dom para a música pode ser adquirido com persistência?

Juliana Moraes, regente do Coral Canção Nova e membro da Comunidade Canção Nova fala sobre a persistência e sua importância

Juliana Moraes
Redação

Essa pergunta é de interesse de muitos, pois é comum ouvirmos frases do tipo: “ fulano tem dom pra música”, ou, “ciclano canta muito mal, toca muito mal,se eu fosse ele eu ia fazer outra coisa.”

O dom é algo dado por Deus. A pessoa que nasce com o dom da música tem a musicalidade na veia, no sangue. Esse é o diferencial de quem tem o dom. A sensação que você tem quando ouve um cantor ou um músico que sabe o que está fazendo, que domina o que faz, é que ele faz aquilo com naturalidade. Nossa alma se deleita ao ouvir a execução de um cantor ou músico que tem o dom.

O dom para a música pode ser adquirido com persistência?

Algumas pessoas já nascem com um determinado dom e ainda na infância detectam este dom e passam a investir nele. Foto: DanielMafra/cancaonova.com

É importante entendermos o dom como algo dado por Deus, ou seja, é pra quem Ele quiser dar. Hoje a música tem diversas finalidades. Para muitos é uma terapia estudar música. A pessoa não pensa em ser famosa, em viver da música, mas ela quer aprender a tocar um instrumento para “desopilar a cabeça”. Muitos nem sabem que tem o dom, e acaba descobrindo a partir daí.

Eu já dei aula para médicos, universitários, crianças, adolescentes, idosos. Dentre tantos, alguns tinham o dom entranhado. Outros, porém, foram desenvolvendo essa habilidade pela persistência, pelo sincero desejo de aprender a tocar. Mesmo com dificuldades e limitações é possível aprender. Obviamente a evolução não será a mesma como a de quem já tem o dom nato, mas se a pessoa for determinada e estudar todos os dias ela poderá desenvolver essa habilidade de tocar ou até mesmo de cantar.

O dom para a música pode ser adquirido com persistência?

O dom pode vir com a persistência e dedicação. Foto:WesleyAlmeida/cancaonova.com

O que eu percebo muito nos dias de hoje é que as pessoas enxergam a música como um meio para se ter destaque. O foco não é nem aprender, mas ter destaque. Nesse caso, nem comece a estudar música, sabe por quê? Porque a música é algo sublime demais para um pensamento tão pequeno.Vejo muito nas paróquias. As pessoas tem uma necessidade de querer cantar no microfone, e eu fico me perguntando: “Por que não há um interesse em fazer parte da pastoral dos vicentinos?”. Existem muitas pessoas despreparadas nas paróquias para cantar e tocar. Veja bem, a música é um ministério muito sério.

O dom para a música pode ser adquirido com persistência?

Mesmo nascendo com um dom é necessário aperfeiçoa-lo para assim crescer e amadurecer com este dom. Foto:WesleyAlmeida/cancaonova.com

Davi tocava para o rei Saul ser liberto dos espíritos maus. E por que ele era tão eficiente no seu ministério? Porque como um servo de Deus ele sabia que era esse o seu chamado. Se você canta ou toca na sua paróquia sem o devido preparo, você não vai ajudar o povo de Deus a rezar. Pelo contrário, você vai gerar uma irritação na assembleia por não contribuir da forma devida.

Parece que estou sendo dura, mas não estou. Muitos poderão aprender a tocar ou cantar, mas, não com a devida condição para se assumir um ministério de música. Talvez a música será um hobbie, em que você irá cantar ou tocar com sua família, seus amigos, e eu te incentivo a isso. Mas o chamado para o ministério de música, para estar à frente é de fato um dom de Deus.

Estude música, desenvolva essa habilidade, mas tenha sempre claro no seu coração: “ por que e para que eu quero aprender música?” A partir da sua resposta você poderá fazer a escolha certa.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Este conteúdo foi plublicado na(s) categoria(s) Formação.
↑ topo