REFLEXÃO

Ministério de música é para salvar almas

Qual o sentido do meu ministério de música? Você já se fez essa pergunta ou já refletiu sobre isto?

Podemos obter várias respostas para essa pergunta:

  • Meu ministério é para a minha vaidade, para que me conheçam, aplaudam-me, digam que sou bom;
  • Meu ministério é para a evangelização;
  • Meu ministério é um passatempo.

Se você se encontrou com Jesus e é um homem batizado no Espírito Santo, seu tocar, cantar, ministrar não pode ter outro objetivo senão salvar almas. Sua música precisa levar as pessoas a se encontrarem com Deus, estarem na Sua presença, e mudarem de vida.

Mais do que letras e poemas, sua música precisa ser fruto da sua experiência com Deus, essa é a grande diferença, uma música que tenha técnica, seja bem feita e tenha vida. Não basta ter apenas técnica e experiência com Deus, é preciso que a técnica se complete com a vida.

“Orarei com o espírito, mas orarei também com o entendimento, cantarei com o espírito, mas cantarei também com o entendimento.” I Cor 14,15

Ministério significa trabalho, serviço. Se Deus lhe deu a graça desse dom, coloque-o a serviço d’Ele, mas não busque se promover às custas do Senhor. A escola de Medicina da Universidade de Marylandem Baltimore, nos Estados Unidos, realizou uma pesquisa para analisar o uso da música como tratamento em alguns pacientes e comprovou-se que, além de relaxar, alegrar e trazer à tona lembranças e saudades, a música pode agir em nosso organismo curando doenças.

Se a música pode causar a cura no nosso organismo, você já imaginou uma música ministrada com vida, o que ela pode fazer no nosso interior, no coração ferido que precisa de cura e está se dando a última chance?

Se Deus lhe deu a graça, o dom de poder chegar nas pessoas com esse ministério, não perca o sentido, a essência. Seu ministério é para salvar almas, não as perder, a começar por sua própria alma.

Estude, ensaie, reze, gaste tempo, assuma o dom que Deus confiou a você. Não espere aplausos nem reconhecimento, mas se eles vierem, tenha a humildade de agradecer-lhes e aceitá-los por saber que esse não foi o objetivo que o levou a se esforçar, mas sim a gana de almas. Faça a sua parte e Deus fará a parte d’Ele!

 

 

Bianca de Campos
Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Este conteúdo foi plublicado na(s) categoria(s) Formação.
↑ topo