Testemunho

A música na vida da mulher

Juliana de Paula conta um pouco da sua relação com a música e a devoção a Nossa Senhora

Inúmeras são as canções que homenageiam e cantam a beleza da mulher. Nelas são exaltadas sua graciosidade, feminilidade e um jeito único de ser. Nada como ouvir elogios, pois, com certeza, isso influencia na autoestima, no humor e pode mudar o dia de alguém.

Para a cantora Juliana de Paula, a música vai além de uma experiência com a letra. “A música sempre mexeu com minhas emoções, não somente a letra, mas a harmonia e a melodia, pois pode me ajudar a rezar, a acalmar-me num dia em que estou mais agitada”.

Da mesma maneira que a música tem o poder de elevação, há canções que podem ter um efeito contrário. “É bem difícil para nós mulheres quando somos “escutadas” como objetos, comparadas a uma fruta, um alimento ou animal. Acredito que as mulheres, cada vez mais, precisam ter uma postura contrária àquilo que é dito nessas canções; acredito que nosso comportamento, nosso modo de nos vestirmos, de sermos, faz com que a visão mude a respeito da mulher”, afirma Juliana.

A compositora ainda recorda que leu uma reportagem a respeito de uma cantora que foi orientada a mudar a sua maneira de se vestir e usar roupas mais discretas e elegantes para que a sua mensagem fosse aceita. “Com isso, quero dizer que a forma como nos colocamos perante a sociedade faz com que não sejamos vistas de uma forma tão deprimente”, reflete Juliana de Paula.

A inspiração para compor as músicas

Como cantora e compositora, Juliana conta que suas músicas são fruto daquilo que está vivendo, procurando sempre estar atenta às necessidades e realidades vividas pelos outros. “Eu brinco que tenho um lado meio psicóloga também, porque tenho um dom, acredito que dado por Deus, de enxergar na pessoa além daquilo que ela mesma vê em si; e a canção diz muito disso, daquilo que não necessariamente as pessoas precisam ouvir, mas que precisamos trabalhar em nós como seres humanos, como pessoas”.

musica_na_vida_mulher

Não apenas as relações com os outros inspiram as canções de Juliana, como também uma presença que para as mulheres católicas em geral é modelo a ser seguido: Maria, a Mãe de Jesus. Essa presença foi sendo descoberta ao longo da vida da cantora, que, num primeiro momento, viu sua família, que não era católica, mudar a partir da oração do terço, que era realizada, em sua casa, pelas Legionárias de Maria. Desde então, é Nossa Senhora quem a conduz em seu ministério.

A música e a experiência com Nossa Senhora

“Uma vez, quando uma pessoa rezou por mim, disse-me que Nossa Senhora queria cantar através de mim. Na época, eu não entendi como isso poderia acontecer, mas hoje vejo que isso se realiza quando uma pessoa me encontra e diz que minha voz traz muita tranquilidade e calma, mesmo eu sendo muito ansiosa. Então, recordo-me da oração que fizeram e logo penso: ‘Só pode ser Nossa Senhora, que dizia que ia cantar através de mim!’. Eu apenas sou porta-voz de Maria na vida das pessoas”, conta Juliana de Paula.

Como testemunho, constantemente Juliana ouve pessoas dizerem que, mesmo suas canções não cantando claramente sobre Maria, elas são levadas a uma experiência com a Mãe de Céu. “Como diz o nome do meu CD “Faça-se”, eu aprendo com Maria, a cada dia, a dizer o meu ‘sim’ a Jesus em todas as situações”, conta.

Maria agora é muito mais do que uma canção que se ouve, uma lembrança em uma oração, ela é presença concreta na vida da cantora, que não se veste sem pensar em sua intercessora, que se apresenta como mãe acolhedora diante dos desafios. É assim que quer estar com cada um de seus filhos. “As minhas canções querem traduzir esse amor de Mãe Misericordiosa que quer passar à frente, tomar conta, colocar o filho no colo; a Mãe que faz tudo para que o filho fique bem. É isso que Maria quer fazer, porque ela é Mãe”, conclui Juliana.

Que Nossa Senhora, neste Dia Internacional da Mulher, acolha cada mulher e a ensine que a melhor canção a ser cantada é o ‘sim’ dado a Deus a cada dia, para ser realizado o melhor que Ele tem para a vida de cada mulher.

Leia também:
:: O papel da mulher na salvação do mundo
:: O dom de ser mulher

Adquira o "CD Faça-se" em nossa loja virtual

Adquira o “CD Faça-se” em nossa loja virtual

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo