Compaixão

Dunga - Transfiguração

Compaixão é um jeito profundo de amar

Penetrando a dor que não deixa gritar

Sente tudo e não precisa explicar

Existe alguém que me conhece muito bem

Me ouviu quando eu falei sozinho

Na solidão aquela lágrima enxugou

Compaixão, alegria e salvação

Deus me conhece irmão

Vive perto do coração

Vivo o céu, porém com os pés no chão

Meu passado encontrou perdão

Me mostra o caminho e me estende a mão

Me dá o direito de sofrer e calar

Soube me esperar quando eu não queria chegar

Soube interpretar quando eu não sabia o que falar