O Céu É Tua Casa

Padre Fábio de Melo - Filho do Céu

Quem foi que disse que é o fim
que não há nada a fazer
E que o sol não vencerá a madrugada
De onde vem esta voz
que resolveu te mentir
e que insiste em condenar teu coração
Acima do chão existe o céu
Acima do não existe o sim
Depois dessa curva eu sei
Que existe nova estrada

Acima do medo está o amor
Acima da queda o teu Senhor
Sorrindo a dizer-te: vem, o céu é tua casa!
Levante os olhos, vê além
Não te condenes por perder
Mais importante é ver que há luz no fim da estrada

Se no sequestro da emoção
Perdeste o próprio coração
Recorda-te que Deus te fez pra liberdade
Desconsidera o que passou
Põe teu olhar no que será
Portas abertas: vem, o céu é tua casa!

Quemfoiquedissequeéofim
quenãonadaafazer
Equeosolnãovenceráamadrugada
Deondevemestavoz
queresolveutementir
equeinsisteemcondenarteucoração
Acimadochãoexisteocéu
Acimadonãoexisteosim
Depoisdessacurvaeusei
Queexistenovaestrada
Acimadomedoestáoamor
AcimadaquedaoteuSenhor
Sorrindoadizer-te:vem,océuétuacasa!
Levanteosolhos,além
Nãotecondenesporperder
Maisimportanteéverqueluznofimdaestrada
Senosequestrodaemoção
Perdesteoprópriocoração
Recorda-tequeDeustefezpraliberdade
Desconsideraoquepassou
Põeteuolharnoqueserá
Portasabertas:vem,océuétuacasa!