Caridade

Servir ao irmão é demonstração de amor a Deus

Jesus quer ser amado sendo servido nos Seus irmãos, naqueles pelos quais Ele deu a vida

“Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: ‘Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?’ Pedro respondeu: ‘Sim, Senhor, tu sabes que te amo’. Jesus lhe disse: ‘Cuida dos meus cordeiros’.E disse-lhe, pela segunda vez: ‘Simão, filho de João, tu me amas?’. Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”. Jesus lhe disse: “Sê pastor das minhas ovelhas”.Pela terceira vez, perguntou a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro ficou triste, porque lhe perguntou pela terceira vez se era seu amigo. E respondeu: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que te amo”. Jesus disse-lhe: “Cuida das minhas ovelhas” (João 21,15-17).

serviraosirmaosFoto: Arquivo Canção Nova

Envolvidos pelo infinito amor com que Deus nos amou, quero convidá-lo a meditar sobre uma forma de corresponder a tanto amor.

Certa vez li que aquele que ama não se contenta em amar, mas precisa ter a certeza de que este amor foi comunicado, que este amor chegou até ao ser amado.

Vejo neste texto do Evangelho uma preciosa dica do próprio Jesus sobre a maneira como Ele deseja ser amado por cada um de nós.

Jesus quer ser amado sendo servido nos Seus irmãos, naqueles pelos quais Ele deu a vida. Após cada profissão de amor de Pedro a Jesus, o Senhor confirmava o ministério confiado a ele, apesar de conhecer suas fraquezas e imperfeições. Havia muito pouco tempo, o mesmo Pedro, que dizia estar disposto a dar a vida por Jesus, negara o Mestre diante das pessoas. Mas, apesar disso, o Senhor conhecia o coração dele e seu amor verdadeiro, por isso Ele confirma a missão pessoal desse apóstolo. O Mestre Jesus estava ensinando ao discípulo a amar com palavras e atitudes. Estava sintetizando Seu testemunho de amor perfeito, explicitamente vivido com Sua Paixão, Morte e Ressurreição. E com isso gritava: “Façam o mesmo!”

É como se Cristo dissesse: “Considero que tudo que vocês fizerem ao meu povo é a mim que estarão fazendo”. E o nosso ministério de música é exatamente uma consequência da experiência que fizemos com o Cristo Ressuscitado e, cheios deste amor, colocamos nossos dons e talentos a serviço dos nossos irmãos e da Igreja.

É claro que também temos nossas imperfeições, mas certamente temos amor ao Senhor. E este amor nos impulsiona ao serviço e à missão. São João da Cruz afirma que quem ama verdadeiramente não suporta ser superado no amor, por isso quanto mais se sente amado, tanto mais deseja amar.

Maria é a mulher cheia e plena do amor de Deus. Em tudo agiu assim. Por amor. Com amor. Esquecendo-se de si e querendo dar-se.

Você tem se gastado por causa do Reino de Deus? Você tem se doado ao outro sem colocar condições para isso?

Pergunte ao Senhor onde estão as pessoas que esperam pelo seu “sim”, pela sua arte e pelo seu dom para experimentarem o amor de Deus. O Senhor espera e confia em nós!

Deus o abençoe!

Veja mais: 

.: A missão do músico no plano de salvação


Luiz Carvalho

Ministro de música e fundador da Comunidade Recado

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Este conteúdo foi plublicado na(s) categoria(s) Formação.
↑ topo